José da Costa Moellmann ( Período: 1933 - 1935 )

Natural de Florianópolis. Nasceu a 07.11.1897, Filho de Eduardo Moellmann e Arida da Costa Moellmann, neto de Karl Moellmann e Emilyana J. Moellmann (alemães). Fez o curso primário na Escola Alemã da Congregação Evangélica da Igreja Luterana de Florianópolis de 1904 a 1910. Estudou entre outras matérias o alemão, português, francês, história natural, história universal, geografia e matemática. Recebeu o atestado escrito em alemão, em Letra Gótica. O Ginásio foi feito no Colégio Catarinense da Ordem dos Jesuítas do Brasil de 1910 a 1914. Ali frequentou também curso sobre orquestra e começou a estudar violino, conseguindo prêmio. Nessa época tomava parte, com seu violino, num conjunto musical que acompanhava a projeção de filmes mudos numa sala de cinema da cidade. De 1916 a 1920 completou o curso de Engenharia Civil no Mackenzie College (filiado a University of New York). Era conhecido pela sua admiração à música, e principalmente aos concertos de Beethoven. Certa vez recebeu de um colega, famoso poeta, uma fotografia original do compositor Carlos Gomes, com a seguinte dedicatória: “Artistas por artistas sejam admirados”. Para José da Costa Moellmann de Epiteto M. (poeta) Martins Fontes. São Paulo 17/10/1917. Casou em 27 de novembro de 1924 com Ana Elisa Ribeiro, natural de São Paulo, também mackenzista. Começou a freqüentar a Igreja Presbiteriana Unida. Era responsável pela regência do coro. Tocava violino, organizava festas em datas comemorativas com as de Natal, de consagração do coro, etc. Voltou à sua terra natal em 1926. Bem mais tarde sua dedicação à música continua. Participou da Sociedade de Cultura Musical fundada a 1º de junho de 1944, mantenedora da Orquestra Sinfônica de Florianópolis. Fez seu concerto inaugural (violino) sob a regência de Sebastião Bousfiel Vieira no dia 6 de Setembro de 1944. Incentivava sempre a vinda à cidade de orquestras, músicos, cantoras líricas, pianistas, etc. como Cebaldi e Bidu Sayão. José da Costa Moellmann trabalhou no DER de Santa Catarina de 1927 a 1930, abrindo estradas no interior do Estado. Foi Prefeito de Florianópolis de 1930 a 1935, fase de conflitos políticos. Fato inusitado em sua gestão: Contrariando a vontade do povo, atrasado e conservador naquela época, cujo desejo era manter o transporte da cidade feito com bondes puxados a burro, viu-se obrigado a tomar uma medida drástica, durante a madrugada os bondinhos foram jogados ao mar, e os burricos distribuídos aos pobres. Começara o progresso da cidade. Foi Secretário de Estado da Fazenda de 1933 a 1935. Deixou o cargo por motivo de intervenções políticas na ocasião. Mais tarde constituiu uma firma de construções. São de sua ex-firma Moellmann & Ráu o Instituto de Educação, modelar casa de ensino de Florianópolis. O Edifício das Secretarias do Governo (prédio sede da SEF) e várias residências particulares. Compartilhou politicamente com a antiga UDN. Faleceu em 19 de abril de 1966, sempre achando que sua “Ilha de Santa Catarina” era a mais bonita do Brasil. Nela existe uma rua com seu nome. Deixou oito netos doze bisnetos.

Prezado usuário!

Estamos em processo de reformulação do nosso portal web e gostaríamos de sua opinião sobre os conteúdos disponibilizados atualmente aqui. Baseado em seus relatos, projetaremos o conteúdo que apresentaremos em nosso novo portal de forma mais eficaz. Agradeceríamos se você disponibilizasse um pouco do seu tempo para responder nossa pesquisa. Não coletamos dados pessoais, somente informações sobre sua experiência quando visita nosso portal.

Clique no botão abaixo para iniciar a pesquisa.

Prezado usuário!

Detectamos que você iniciou o preenchimento de suas respostas no questionário, porém elas ainda não foram enviadas. Clique no botão abaixo para continuar a pesquisa.

Ilustração com passos de um lista de etapas incompleta
Pesquisa enviada com sucesso!

Agradecemos encarecidamente por contribuir para tornar o portal web da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina o local de referência para auxiliá-lo na resolução de suas dúvidas.

Ilustração com pessoas comemorando

Agora que você respondeu o questionário você já está pronto para enviar suas respostas.

Ilustração com pessoas comemorando

Erro de transmissão!
Tente novamente mais tarde

Ýcone de chat Feedback