João Bayer Filho ( Período: 1951 - 1954 )

Natural de Tijucas, SC, a 21.10.1893, filho de João Bayer e de D. Matilde Klann Bayer. Fez os estudos primários em Tijucas e os secundários no Ginásio Catarinense, Florianópolis (1907-1912), onde se bacharelou em Ciências e Letras. Matriculou-se, em São Paulo, na Faculdade de Direito (1913), ocasião em que, também, estudou comércio. Transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde se formou (1917), pela Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais do Rio de Janeiro. Durante sua permanência no Rio de Janeiro lecionou no Colégio Santo Inácio. Voltou para Tijucas, a fim de advogar. Foi nomeado Promotor Público de Araranguá, onde pouco permaneceu, retornando a Tijucas para advogar (1919). Eleito Prefeito Municipal (1920). Funda em Tijucas os jornais “O Nosso” e “O Diário” (1924-1926). DEPUTADO ESTADUAL AO CONGRESSO REPRESENTATIVO DO ESTADO À 12ª LEGISLATURA (1925-1927), DEPUTADO ESTADUAL À 13ª LEGISLATURA (1928-1930). Nomeado Chefe de Polícia do Estado, mas não assumiu o cargo (14.10.1929). Voltou a advogar em Florianópolis, sendo Secretário e Vice-Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção de Santa Catarina. Fundou e dirigiu o jornal “A Pátria”, Florianópolis (1930-1934), que lhe valeu prisão (1932), na Penitenciária do Estado e na Fortaleza de Anhatomirim. Foi um dos Professores-fundadores da Faculdade de Direito de Santa Catarina, da qual foi Diretor em 1936. Fez parte do Conselho Técnico de Economia e Finanças do Estado (1938). Advogado das Empresas Incorporadas ao Patrimônio da União e Consultor Jurídico e Comercial daquelas Empresas (1940-1945). Volta a advogar em Tijucas e filiou-se à União Democrática Nacional - UDN. No Governo Irineu Bornhausen foi Secretário de Estado da Fazenda de 31/01/1951 a 01/07/1954 e, interinamente, do Interior e Justiça (08.04.1952-11.08.1952). Juiz do Tribunal de Contas do Estado (1956) e seu primeiro Presidente (1956-1958). Foi nomeado para responder pela Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (1961), mas não assumiu. Faleceu, em Tijucas, a 02.08.1967. Foi casado com D. Catarina Gallotti Bayer, filha de Benjamin Gallotti e de D. Francisca Angeli Gallotti, e desse matrimônio houve: Maria José, Dr. João Bayer Neto e de Dr. Luiz Carlos Gallotti Bayer.

Prezado usuário!

Estamos em processo de reformulação do nosso portal web e gostaríamos de sua opinião sobre os conteúdos disponibilizados atualmente aqui. Baseado em seus relatos, projetaremos o conteúdo que apresentaremos em nosso novo portal de forma mais eficaz. Agradeceríamos se você disponibilizasse um pouco do seu tempo para responder nossa pesquisa. Não coletamos dados pessoais, somente informações sobre sua experiência quando visita nosso portal.

Clique no botão abaixo para iniciar a pesquisa.

Prezado usuário!

Detectamos que você iniciou o preenchimento de suas respostas no questionário, porém elas ainda não foram enviadas. Clique no botão abaixo para continuar a pesquisa.

Ilustração com passos de um lista de etapas incompleta
Pesquisa enviada com sucesso!

Agradecemos encarecidamente por contribuir para tornar o portal web da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina o local de referência para auxiliá-lo na resolução de suas dúvidas.

Ilustração com pessoas comemorando

Agora que você respondeu o questionário você já está pronto para enviar suas respostas.

Ilustração com pessoas comemorando

Erro de transmissão!
Tente novamente mais tarde

Ýcone de chat Feedback