02/02/2018


Governo do Estado participa de inauguração da ampliação de fábrica da GM em Joinville


Na ocasião foi assinado protocolo de intenções entre o Governo e a montadora, que investiu R$ 1,9 bilhão no novo prédio para ampliar a produção


O governador Raimundo Colombo participou nesta sexta-feira, 2, da solenidade de inauguração da ampliação da fábrica da General Motors (GM), em Joinville, no Norte do Estado, onde também estava o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima. Na ocasião foi assinado protocolo de intenções entre Governo do Estado e General Motors do Brasil. A montadora investiu R$ 1,9 bilhão no novo prédio de 46,8 mil metros quadrados, que depois de totalmente pronto vai ampliar a produção.

“Nós fortalecemos uma área geradora de muitos empregos e de muitas oportunidades que é o setor automotivo. Essa é uma atividade muito importante para a economia e temos duas unidades fortes aqui na região Norte, que são a GM e a BMW. O mercado cresce e a expectativa é de mais contratações”, destacou Colombo.

A unidade passou de 15 mil metros quadrados para 61,8 mil metros quadrados e sua capacidade de produção anual será ampliada de 120 mil para cerca de 420 mil motores, além dos blocos e cabeçotes. A expectativa é de criação de aproximadamente 400 novos postos de trabalho diretos e indiretos.

“Quando tudo isso estiver no seu ápice vamos triplicar os empregos que temos aqui em Joinville”, destacou o vice-presidente da General Motors Mercosul, Marcos Munhoz.

O novo prédio vai receber ainda novas tecnologias de manufatura inteligente (4.0), que inclui estações robotizadas, sistema autônomo de movimentação de materiais, sistema de monitoramento de processo por meio de câmeras, testes elétricos dos motores, gerenciamento de estoque e programação com softwares conectados com a cadeia de suprimentos, entre outros. A implantação dessa tecnologia permite monitorar em tempo real toda a produção utilizando “tablets” e “smartphones”.

A GM iniciou o processo de instalação no município em 2011 e deu início às atividades econômicas em 2013 com a unidade de motores e cabeçotes. Em março de 2014, foi a primeira montadora da América do Sul a conquistar a certificação internacional de construção sustentável (Leadership in Energy and Environmental Design), sendo a segunda a receber certificação nível GOLD das fábricas da GM no mundo.

Com informações de Rafael Vieira de Araújo / Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Comunicação - Secom