02/10/2017


Raimundo Colombo fala sobre a conquista de SC no Ranking de Competitividade a servidores



O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira reuniram nesta sexta-feira, 29, no Teatro Pedro Ivo, anexo à sede do Governo do Estado, em Florianópolis, servidores estaduais para compartilhar a conquista de Santa Catarina na segunda posição no Ranking de Competitividade dos Estado de 2017.

“Foi muito bom partilhar com toda a equipe de governo e com cada um dos servidores, mostrando que quando há uma equipe, e a direção é superar resultados e vencer desafios, a gente consegue. Os números realmente são bons e o atestado disso é a documentação feita por institutos idôneos e que mostram o que é exatamente. Santa Catarina conseguiu se superar e está vencendo a crise. É importante que a equipe continue motivada e trabalhando junto. Esse foi o objetivo dessa reunião”, disse colombo.

O secretário de Estado da Comunicação de Santa Catarina, João Debiasi, abriu a cerimônia falando do prêmio excelência em competitividade no destaque internacional. Apresentou um resumo do Ranking, onde Santa Catarina subiu o posto para segunda posição ficando atrás de São Paulo e do prêmio de Destaque Internacional. A avaliação é realizada pelo Centro de Liderança Pública (CLP) desde 2011, quando SC estava em 7º lugar.

“Esse prêmio mostra claramente e por instituições isentas de qualquer coisa, que é por isso que o nosso Estado foi o último a entrar na crise e o primeiro a sair. Comprova uma série de políticas públicas que têm sido implantadas ao longo dos anos, que traz bom desempenho de Santa Catarina. Somos o segundo mais competitivo do Brasil e quando comparado nosso índices com países desenvolvidos de primeiro mundo, nós vencemos e estamos acima de vários outros”, explicou Debiasi.

Na reunião, o governador e o vice homenagearam a servidora da Secretaria de Estado da Educação, Sofia Maria Berka Scheidt, com o troféu Destaque Internacional recebido em São Paulo durante a premiação do Ranking de Competitividade dos Estado. “Esse é um trabalho de longos anos, não é de um governo e sim do Estado. Não foi feito por uma pessoa, mas por todos nós e gostaria de entregar esse troféu para alguém que represente todos. Foi aí que escolhemos a servidora com mais tempo trabalhando no governo que, simbolicamente e justamente, seria a pessoa que deveria deter esse troféu. Está há mais de 50 anos sem licença e sem pensar em se aposentar”, explicou Colombo.

“Um gesto importante de dividir com todos os servidores pelo menos aqueles que nos ajudam a fazer com que Santa Catarina seja ainda mais competitivo e tenha indicadores sociais, econômicos e extremamente significativos a nível do Brasil. A final de contas ficamos atrás apenas de São Paulo. Isso é muito importante para o futuro de Santa Catarina”, disse o vice-governador.

Transmissão de cargo

Na ocasião o governador Raimundo Colombo entregou ao vice um presente de casamento e em seguida realizou a transmissão de cargo de chefe do poder executivo, devido a uma viagem ao exterior até a próxima semana.

*Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação SECOM