01/08/2017


Auditoria, Controle Interno e Gestão de Riscos em pauta nesta quinta-feira em Florianópolis



Começa nesta quinta-feira (31) o Seminário Auditoria, Controle Interno e Gestão de Riscos, evento organizado, em Florianópolis, pelo Sindiauditoria com o apoio da Secretaria de Estado da Fazenda. Servidores, gestores públicos e especialistas de todo Estado se reúnem para debater o tema “Melhores práticas para governança no setor público”, com a presença confirmada de palestrantes nacionais. Ainda restam poucas vagas e as inscrições ainda podem ser feitas até hoje através do site: www.sindiauditoria.org.br/eventos.

A abertura do evento será às 13h30 com a palestra do promotor de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina, Samuel Dal-Farra Naspolini, sobre o programa Unindo Forças. Na sequência, os temas Controle Interno, Gestão de Riscos e IA-CM (Implementação do Modelo de Capacidade de Auditoria Interna) serão abordados respectivamente por: Henrique Moraes Ziller, controlador-geral da Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF), Rodrigo Fontenelle de Araújo Miranda, chefe da Assessoria Especial de Controle Interno e responsável pela implantação da Gestão de Riscos do Ministério do Planejamento, e Liane Vasconcelos de Araújo Angoti, chefe da Assessoria de Harmonização Central da CGDF.

“Essa programação favorece o debate sobre os principais desafios que atingem a administração pública no País. Compartilhando experiências práticas, queremos contribuir para fortalecer o trabalho de auditoria e controle de gastos que é desenvolvido pelos catarinenses”, ressalta o presidente do Sindiauditoria, Clóvis Renato Squio. Segundo ele, temas como “combate a corrupção” e “responsabilidade fiscal” também compõem o pano de fundo do evento.

Em Santa Catarina, a Diretoria de Auditoria Geral (DIAG) trabalha não apenas para corrigir irregularidades, mas sobretudo para orientar os gestores sobre as decisões corretas que precisam ser tomadas. Só no último ano, por exemplo, trabalho dos Auditores Internos do Poder Executivo gerou uma economia direta de mais de R$ 18 milhões para o Governo do Estado, entre desembolsos evitados e créditos a ressarcir.

*Assessoria de imprensa:

Favor entrar em contato com Jaércio da Silva através do e-mail: jaercio@gmail.com ou assessoria@sindiauditoria.org.br.