20/04/2017


Fazenda apresenta case em evento sobre coprodução na administração pública


Desenvolvido pela Fazenda, o Projeto Auditoria Cidadã foi apresentado durante o encontro realizado pela UDESC

 



Representantes da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC), pós-graduandos e professores da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) participaram na tarde desta quinta-feira, 20, de um evento sobre coprodução na administração pública, realizado no Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), em Florianópolis.

Com o tema "A Burocracia e o desafio da coprodução na Administração Pública: limites e possibilidades", o encontro foi promovido pelo Mestrado Profissional em Administração da Udesc Esag, por meio das disciplinas de Análise Organizacional e Gestão do Conhecimento, e pelo grupo de pesquisa Politeia - Coprodução do Bem Público: Accountability e Gestão, da Udesc Esag, em parceria com a Diretoria de Auditoria Geral da Fazenda catarinense.

A programação incluiu uma série de apresentações, no Auditório do centro de ensino, seguido de debates em grupos em salas de aula.

Um dos objetivos do encontro foi identificar limites e possibilidades associados à consolidação do projeto Auditoria Cidadã, realizado pela SEF/SC, a partir de uma experiência de interação entre os participantes: servidores do órgão estadual, pesquisadores, docentes e alunos do Mestrado Profissional e do Doutorado em Administração da Udesc Esag.

No evento, o Projeto Auditoria Cidadã foi apresentado pelo diretor de Auditoria da SEF/SC, Augusto Piazza, que falou sobre ações como a inspeção de merendas escolares e dos hospitais públicos do Estado. Ele destacou na ocasião a relevância do encontro para a consolidação do projeto.

Pelo Politeia, a professora Micheline Gaia Hoffmann falou sobre as características e os impactos da burocracia; e os docentes Paula Chies Schommer e Arlindo Carvalho Rocha, junto com os mestrandos Clóvis Renato Squio e Thaís Serpa, também integrantes do Politeia, apresentaram conceitos e casos da coprodução do controle.

Após as apresentações, ocorreram quatro mesas de trabalho simultâneas, em salas de aula, abordando o tema sobre diferentes pontos de vista: do servidor auditor; do usuário cidadão; do gestor auditado; e do gestor institucional.

O evento foi concluído com a apresentação dos resultados dos debates pelos relatores dos grupos. 

*Com informações de Assessoria de Comunicação da Udesc Esag